Blog

Abrir espaço para a espontaneidade

Abrir espaço para a espontaneidade

Layout semanal inspirado na forma como me organizei até pandemia chegar. Produzi esse para a série que eu e a Tamires fizemos em março e abril e disponibilizamos gratuitamente para download. Desde o começo do ano, tenho feito um exercício semanal de reflexão: separo...

Querida mente

Querida mente

Uma das coisas mais bacanas que fiz nos últimos tempos foi me encontrar com outras pessoas para escrever, uma proposta chamada “A escrita de si”, facilitada virtualmente pela Mayara Blasi. Foram seis sábados onde ela propôs exercícios variados, nos estimulando a...

Um poema para o mar

Um poema para o mar

Querido mar, É grande a alegria de me reconciliar contigo Sinto que meu coração Reencontrou o ritmo próprio E bate em paz dentro de ti   Depois de tanto tempo É puro deleite poder me banhar Em suas águas mornas Me sinto em casa, afinal Somos um de novo Sou parte...

O mar e eu

O mar e eu

No final do ano passado, tive o privilégio de estar com meus sobrinhos quando conheceram o mar. Com os pés na faixa de areia, acompanhei à distância o momento do primeiro encontro entre eles e quando, correndo em direção às ondas, aceitaram o convite do mar para...

Coragem, a minha palavra do ano em 2020

Coragem, a minha palavra do ano em 2020

No dia 16 de fevereiro escolhi minha palavra desse ano, seguindo o ritual pessoal que faço há algum tempo (saiba mais). Nessa data, o planeta Mercúrio começava sua primeira retrogradação de 2020, o período é conturbado para as tecnologias e comunicação, também é...

Alimentação, criatividade e política

Alimentação, criatividade e política

Fiquei doente na semana passada, por isso passei alguns dias em um ritmo mais lento. O mal estar foi resultado da semana anterior, quando trabalhei intensamente em eventos e é só assim para me parar, na marra. Como adoro o que faço, me vejo trabalhando muito e se não...

De quem é meu corpo?

De quem é meu corpo?

Desde que me mudei para o centro da cidade, comecei a desenvolver gosto por andar a pé. A escola era próxima do apartamento onde morávamos e a pessoa que cuidava de mim e da minha irmã na época, a amada Nice, nos acompanhava durante a caminhada até o colégio todos os...

Bullet Journal como ferramenta de autodesenvolvimento

Bullet Journal como ferramenta de autodesenvolvimento

“A vida havia ficado atarefada demais. Parecia que minha existência se resumia a uma longa lista de afazeres. Eu havia me esquecido de meus sonhos, meus objetivos, meus ‘e se’, meus ‘se eu pudesse’. “ Amy Haines Se, assim como eu, você tem múltiplos interesses e...

Encontrando o rio: um retorno ao fluxo criativo

Encontrando o rio: um retorno ao fluxo criativo

“Começos genuínos se iniciam dentro de nós, mesmo quando são trazidos à nossa atenção por oportunidades externas.” (William Bridges) A arte é uma das coisas que mais me emociona na vida. Sou sensível a cinema, pintura, escultura, música, dança, fotografia e uma...

Ritual pessoal: a palavra do ano

Ritual pessoal: a palavra do ano

Todos os anos escolho uma palavra para guiar as áreas da minha vida. Essa prática começou de forma natural e sem pretensão, desde então sigo fazendo e desfrutando de seus presentes ao longo do caminho. Era um compromisso particular que guardei por anos até que um dia...

Multipotencialidade como vocação

Multipotencialidade como vocação

“Um multipotencial é uma pessoa que tem muitos interesses diferentes e atividades criativas na vida. Multipotenciais não têm “um verdadeiro chamado” como os especialistas. Ser um multipotencial é o nosso destino. Temos muitos caminhos e seguimos todos eles,...

O que a Gineterapia pode fazer por você

O que a Gineterapia pode fazer por você

O propósito da Gineterapia é reestabelecer o equilíbrio da mulher, para que tenha uma vida plena e em consonância com a sua essência. Quase uma utopia atualmente, já que somos constantemente confrontadas com demandas de trabalho, família, sociedade e autocobrança...

Síndrome da impostora e direito de expressão

Síndrome da impostora e direito de expressão

Me vi bloqueada, e agora? Sobre o que vou escrever? Minha sabotadora interna me apontou o dedo e disse: - Eu sabia! Te avisei que não era uma boa ideia publicar seus textos. Por que os outros leriam o que você escreve? Como vai sustentar o interesse do leitor apenas...