Mayara Bortolotto

O que a Gineterapia pode fazer por você

O propósito da Gineterapia é reestabelecer o equilíbrio da mulher, para que tenha uma vida plena e em consonância com a sua essência. Quase uma utopia atualmente, já que somos constantemente confrontadas com demandas de trabalho, família, sociedade e autocobrança para dar conta de tudo e ainda nos mantermos belas e em forma. Por trás de tudo isso, percebo que sim, estamos desequilibradas. Não de forma estereotipada (loucas e histéricas), mas nos campos hormonal, nutricional, emocional, físico e energético. Estamos cansadas, confusas e desconectadas de nossas essências e corpos. Às vezes tão desconectadas que nem sabemos por que estamos confusas e frustradas, por isso vivemos culpadas.

Nos dias de hoje, nossa sociedade valoriza a manifestação da energia masculina: assertividade, produtividade, materialização, racionalidade, força e praticidade. As posses são o indicativo do sucesso de alguém e a glamourização da falta de tempo e da correria é um fenômeno presente no cotidiano da maioria das pessoas. Quem nunca fez hora extra? Quem nunca recebeu um olhar de julgamento ao sair do trabalho no horário? Quem é viciado em checklist? Quem se sente culpado por não estar produzindo a todo momento? Quem não se cobra demais? Quem não sofre de estresse, ansiedade, pânico ou depressão? Quem sabe ficar sem fazer nada? Quem sabe relaxar?

Em contrapartida, as pessoas que manifestam sua energia feminina são vistas como menos confiáveis, instáveis e fracas. São seres criativos, carinhosos, não-lineares e intuitivos, um pesadelo para a sociedade contemporânea. A não linearidade e a vulnerabilidade são assustadoras e ninguém quer ficar perto de alguém assim. O controle, a linearidade e a previsibilidade são características exaltadas na atualidade, onde tudo são métricas, gráficos e estudos cientificamente comprovados. Além disso, todos devem ser felizes, agradáveis e produtivos o tempo todo, numa linearidade sufocante, cruel e irreal. Por mais que se tente, não há como suprimir apenas os pontos negativos, perde-se também a potência dos pontos positivos. Se não nos permitimos viver a tristeza, tampouco desfrutaremos da alegria plena.


E se tivéssemos um equilíbrio entre os dois lados? Acredito que o balanceamento das energias masculina e feminina, presentes em nós independentemente do sexo, é benéfico para todos. Através da Gineterapia, em atendimentos individuais ou em grupo, utilizamos ferramentas para reestabelecer esse equilíbrio, trazer mais consciência para as escolhas e viver de forma alinhada com a nossa essência. Durante a primeira consulta particular, falamos sobre cotidiano, história pessoal, desafios, sonhos, família, carreira, percepções e emoções. A partir dessa conversa, vamos traçar juntas um caminho para potencializar talentos e trabalhar vulnerabilidades, até atingir o objetivo determinado e o equilíbrio da mulher. Para percorrer esse trajeto, cada gineterapeuta utiliza uma série de ferramentas de apoio, as minhas são reiki, aromaterapia, escrita livre, meditação, mandala lunar e LEGO® Serious Play®. Durante o processo, nos encontraremos diversas vezes para partilhar as percepções e evolução pessoal, ajustar o que for necessário e incluir novas ferramentas se for preciso. O tempo de intervalo entre as sessões e o número de encontros dependem de cada caso.

“Às vezes um acontecimento inesperado como doença, divórcio, perda de emprego, precipitam a busca. Ali começa o Caminho da Peregrina, ainda confusa, mas determinada na procura da sua identidade feminina, seu verdadeiro centro de poder.”

Monica Giraldez, criadora da Gineterapia

Nos atendimentos em grupo não conseguimos ter a mesma profundidade e personalização do atendimento individual, mas temos a vantagem de contar com uma rede de apoio de mulheres e a riqueza vivências diversas. Ouvir outras histórias nos ajuda a aumentar o repertório de experiências e possibilidades, mudando nossas crenças sobre ser mulher, acolhendo vulnerabilidades e fortalecendo nossa autoconfiança. Um grupo de mulheres que se senta em círculo para trocar conhecimentos sobre diversos temas, se olhando nos olhos e experimentando coisas novas em um ambiente seguro e confidencial.


Através do meu trabalho busco desenvolver a auto percepção e a autonomia da mulher. Andamos de mãos dadas, trabalhando juntas para trazer para à consciência os pontos que precisam ser trabalhados, resgatar o que foi deixado de lado e reequilibrar as potencialidades da mulher até atingimos sua harmonia interna. Isso contribui para que a mulher trabalhe de forma mais eficaz, relacione-se melhor com os outros, escolha mais conscientemente e desfrute de todos os momentos da vida de maneira presente.

“Um dia

decidi ser eu

e nunca mais

voltei atrás”

Ryane Leão, “Tudo Nela Brilha e Queima”

Postado no dia 24 . 10 . 2019 no Medium